Este estudo teve como objetivo verificar a ocorrência de estresse e relações com coping e resiliência, fazendo a relação com dados epidemiológicos da população. Observou-se ausência de correlações entre determinado horário de trabalho e estresse. A maior parte da população apresenta nível de estresse ou de estresse elevado. Existe correlação negativa entre estresse e resiliência, indicando que quanto menor a resiliência maior o estresse, e correlação positiva entre resiliência e estratégias funcionais em coping. Existe correlação entre estratégias disfuncionais e estresse. Entre as estratégias disfuncionais predomina o fator “fuga e esquiva”.

Pay to read more

A intervenção em riscos psicossociais tanto de cariz organizacional como comportamental deverá ser focada ao nível dos fatores de exposição, já que é aqui que se situam as causas das causas.

Pay to read more

Falta acção a Portugal, embora se preocupe com os novos riscos emergentes! Portugal ocupa o 1.º lugar dos países EU-27 ao nível da preocupação com as questões do stress no trabalho e violência ou ameaça no trabalho e o 2.º lugar ao nível da intimidação ou assédio no trabalho, mas encontra-se em 26.º lugar ao nível da % de procedimentos implementados.

Pay to read more

O stress intenso e de duração prolongada influencia a resposta imunitária, ou seja, processos mentais podem interferir com processos biológicos. Temos exemplos disso, a reactivação de vírus latentes (Vírus Herpes simplex), o atraso do processo de cicatrização de feridas, ou mesmo a evolução de determinadas doenças, entre outros.

Pay to read more

Devido à elevada importância dos riscos psicossociais ao nível organizacional, os gestores devem assumir um papel dinâmico e interventivo na gestão preventiva destes riscos.

Pay to read more

Embora a taxa de portugueses com stress, burnout e desordens emocionais seja alarmante, as experiências positivas no trabalho evidenciam efeitos directos na percepção de saúde e bem-estar. O programa Health Coaching tenta promover recursos pessoais, interpessoais e organizacionais.

Pay to read more

SUMÁRIO 9

05 | SOCIEDADE
06 |FAMÍLIA
Comportamentos de prevenção: acidentes em casa com bebés e crianças
Sónia P. Gonçalves
08 | ESCOLA
Brincar no espaço de jogo e recreio escolar: entre a (in)segurança e o risco
Amália Rebolo Marques

12 | TRABALHO
13 | SETOR CALL CENTRES
Riscos psicossociais em call centres
Isabel Maria Bonito Roque
16 | SETOR ELÉTRICO
Promover a consciêncialização em riscos elétricos
Elias do Nascimentos Melo Filho
18 | SETOR LOGÍSTICO
As causas raiz na investigação e análise de incidentes de trabalho
César Petrónio Augusto

20 | GRANDE ENTREVISTA (acesso gratuito)
Juliana Bley

28 | CONSIDERAÇÕES TEÓRICO-PRÁTICAS
29 | GESTÃO DA EMERGÊNCIA - Desenvolvimento de exercícios
José Goulão Marques
34 | PSICODINÂMICA DO TRABALHO
João Areosa & Paulo Marques Alves
38 | PERCEPÇÃO HUMANA E PREVENÇÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO: CONTRIBUIÇÕES PSICOLÓGICAS
Débora Brandalise Bueno
40 | OS DESAFIOS DA ANDRAGOGIA
Nuno Queiroz de Andrade

42 | NOTICIAS BREVES

Pay to read more

SUMÁRIO 7
SOCIEDADE
FAMÍLIA | 4
Prevenção de quedas nos idosos – um desafio lançado às sociedades contemporâneas
Joana Diogo
SAÚDE PÚBLICA | 8
e-Saúde: O conceito de um paciente mais informado?!
Henrique Teixeira Gil

TRABALHO
SETOR ELÉTRICO | 10
Disciplina operacional como barreira ao acidente, no setor elétrico
Natividade Gomes Augusto & José L. Lopes Alves
SETOR DE BETÃO PRONTO | 14
Modelo de mudança de cultura de segurança numa indústria portuguesa de Betão Pronto
Celestino Martins
SETOR DE SAÚDE | 18
Cuidados de saúde a imigrantes: para uma cultura de segurança e confiabilidade
Alcinda Sacramento Costa dos Reis, Mª Arminda Mendes Costa

GRANDE ENTREVISTA (acesso gratuito)
EMÍLIA TELO |22
Representante, em Portugal, da Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho
A aposta futura em SST será a nível comportamental porque poderá ser a aposta mais económica.

CONSIDERAÇÕES TEÓRICO-PRÁTICAS
METODOLOGIA 6S | 30
A Segurança na Metodologia 6S
Carlos A. D. Ferreira
GESTÃO DE INCIDENTES | 34
Gestão de Incidentes Críticos
Liliana Dias, Sandra Gonçalves Monteiro
COMPORTAMENTOS EM EMERGÊNCIA | 36
O comportamento humano em situações de emergência
João Emílio Almeida, Rosaldo J. F. Rossetti, António Leça Coelho
INTERVENÇÃO EM RISCOS PSICOSSOCIAIS | 38
Intervenção organizacional e comportamental em fatores de exposição a riscos psicossociais.
Natividade Gomes Augusto

BREVES | 45

Pay to read more
Pág. 1 de 3

Segurança Comportamental

A revista Segurança Comportamental é uma revista técnico-científica, com carácter independente, sendo a única revista em Portugal especializada em comportamentos de segurança.

Social Share

Pagamentos

# # # #


 

Top
We use cookies to improve our website. By continuing to use this website, you are giving consent to cookies being used. More details…