O método “6S” deriva de um conjunto de etapas que são sequenciais e, de alguma forma cíclicas, iniciadas pela letra “S”, sendo o 6.º S transversal a todas as outras etapas, designado por Segurança. Com este adicional sexto S, o método garante também o foco na redução de acidentes de trabalho ao longo da cadeia produtiva.

Pay to read more

Impulsionar a mudança comportamental, é um processo contínuo e lento, tendo por base o conhecimento, reconhecimento e respeito da parte fundamental do sistema de segurança: as pessoas!

Pay to read more

Muitas empresas continuam a investir fortunas e não conseguem obter sucesso na redução de acidentes e incidentes. Esta diferença está relacionada principalmente com a falta de coaching adequado antes, durante e após a implantação de um programa comportamental de segurança.

Pay to read more

A melhoria do sistema de gestão de segurança, saúde e ambiente (SSA) e o objetivo de zero acidentes, é uma forma de garantir um futuro sustentável, a nível social, ambiental e económico.

Pay to read more

«Futuramente as empresas portuguesas vão deixar de ter a oportunidade de serem mais competitivas, através da segurança, da redução de acidentes e da boa imagem. Actualmente é a altura para investir na segurança e conseguir essa vantagem! O ponto forte da segurança é a evolução da segurança comportamental.»

Lean People da segurança e saúde no trabalho, torna as empresas mais competitivas através da segurança e saúde num mercado cada vez mais difícil, deixando de ser uma opção para se tornar uma obrigatoriedade.

Pay to read more

Quando as organizações fixam para si o objetivo de atingir os “zero acidentes”, têm que contemplar no sistema de gestão de segurança, a cultura nacional, organizacional e de segurança. Neste artigo é apresentado um modelo conceptual, a partir do modelo de cultura nacional de Hofsted (1991), do modelo de reciprocidade de cultura de segurança de Cooper (2002), tendo-se cruzado as dimensões da cultura nacional com as dimensões da cultura de segurança. Será necessário testar empiricamente o modelo.A metodologia utilizada para a realização das avaliações psicossociais tem caráter interdisciplinar. É uma tentativa de identificar sintomas presentes ou latentes de transtornos mentais e comportamentais com base no referencial teórico-científico do psicólogo, em âmbito de contexto de vida do trabalhador, fora e dentro da empresa. É aplicada a trabalhadores que atuam em espaços confinados e trabalhos em altura.

Pay to read more

Segurança Comportamental

A revista Segurança Comportamental é uma revista técnico-científica, com carácter independente, sendo a única revista em Portugal especializada em comportamentos de segurança.

Social Share

Pagamentos

# # # #


 

Top
We use cookies to improve our website. By continuing to use this website, you are giving consent to cookies being used. More details…