SAFETY I & SAFETY II - Fatores Humanos e Falhas Humanas (1.ª ed.)

(0 votos)

Holiday Inn Lisbon-Continental | Lisboa
12 e 13 outubro de 2020 | 9H30 às 17H30 | 14 horas

ENQUADRAMENTO
Atualmente reguladores, gestores, técnicos e trabalhadores pensam na segurança como a ausência de acidentes ou quase-acidentes ou um nível de risco aceitável. Esta abordagem é chamada universalmente de Safety I, presume que as coisas dão errado devido a falhas ou disfunções em componentes específicos: tecnologia, procedimentos, trabalhadores e as organizações nas quais estão inseridos. Existe o pressuposto de que os sistemas possam ser decompostos e que os componentes de um sistema funcionam de modo bimodal — isto é, o seu funcionamento é correto ou incorreto. Com o desenvolvimento, o aumento da complexidade e variabilidade nos sistemas, este pressuposto deixa de ser válido, sendo aqui os ajustes comportamentais cada vez mais importantes. O desafio para a melhoria da segurança e saúde consiste em compreender esses ajustes, compreender por que o desempenho geralmente dá certo (Safety II), apesar das incertezas, ambiguidades, em situações de trabalho complexas. Na atualidade, a gestão da segurança deve tentar assegurar não só que "o menor número possível de coisas dê errado (1/10000)" como também que "o maior número possível de coisas dê certo (9999/10000)". São apresentados vários exemplos práticos. 

OBJETIVOS
Conhecer os conceitos e princípios da gestão da segurança baseada em Safety I & Safety II.
Saber identificar os vários sistemas organizacionais e a sua relação com as abordagens de gestão de segurança no trabalho (Safety I & Safety II).
Entender a diferença entre a gestão de segurança baseada em falhas humanas e a gestão de segurança baseada em fatores humanos.
Conhecer ferramentas de análise de eventos lineares de causa-efeito (Safety I) e ferramentas não lineares de conexões emergente (Safety II).
Entender na prática a complementaridade entre as abordagens Safety I & Safety II.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Capítulo I: CONCEITOS E PRINCIPIOS DE SAFETY I & SAFETY II
Safety I e principais conceitos e princípios
Safety II e principais conceitos e princípios
Desproporcionalidade entre o que dá certo e o que dá errado

Capítulo II: FATORES HUMANOS E FALHAS HUMANAS NOS SISTEMAS
Desempenho da gestão de segurança e o modelo normativo
Funcionamento bimodal (ato seguro/ ato inseguro) dos sistemas
Decomposição do sistema tecnológico e falhas humanas
Contextos de trabalho complexos, interdependentes e conexões temporárias
Ajustes comportamentais e variabilidade no desempenho da gestão da segurança

Capítulo III: FERRAMENTAS LINEARES (SAFETY I) FOCADAS NA FALHA HUMANA
Tipologias de Falhas Humanas
Ferramentas de causa-efeito com foco no que dá errado (desvio), para análise de eventos indesejáveis (acidentes e quase-acidentes),

Capítulo IV: FERRAMENTAS NÃO LINEARES (SAFETY II) FOCADAS NA VARIABILIDADE E AJUSTES
Tipos de variabilidade de desempenho no sistema de segurança
Metodologias de ajustamento e a confiabilidade do sistema de segurança
Ferramentas de conexão com foco no que dá certo (norma), para pré-investigação e análise de possíveis eventos indesejáveis (acidentes e quase-acidentes)

Capítulo V: COMPLEMENTARIDADE PRÁTICA ENTRE SAFETY I & SAFETY II
Níveis de maturidade de cultura de segurança
Tipos de sistemas organizacionais e gestão de segurança
Gestão de complementaridade entre Safety I & Safety II 

DESTINATÁRIOS
Gestores. Supervisores. Técnicos de Segurança no Trabalho. Técnicos de Gestão de Recursos Humanos. Técnicos de Qualidade e Melhoria Continua. Consultores. Auditores. Formadores.

PRÉ-REQUISITOS (preferenciais)
Nível básico de BBSH (Behavior Based Safety & Health).

MÉTODOS DE EXPOSIÇÃO
Breve método expositivo. Métodos ativos andragogicos. Técnica visual thinking.

EQUIPA FACILITADORA

 

 

Natividade Gomes Augusto: licenciada em sociologia pelo ISCTE-IUL. Pós-graduada em Gestão de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho pelo ISCSEM. Pós-Graduada em Sistemas Integrados, Qualidade, Ambiente, Segurança e Responsabilidade Social. Técnica Superior de Segurança no setor da Aviação. Auditora de Segurança e Saúde no trabalho. Docente universitária em pós-graduações de SST. Especialista em comportamentos de segurança e saúde. Experiência prática em safety-coaching na indústria extrativa, cimenteira e química. Formadora há 25 anos, com experiência prática em gamification e design thinking. Facilitadora principal do 1.º curso em Portugal sobre segurança comportamental, lecionado ao público em geral. Diretora Editorial da Revista Qualidade, entre 2016-2019. CEO da Revista Segurança Comportamental, desde 2009. Autora de vários artigos sobre segurança baseada em comportamentos, observações preventivas de segurança,  safety II, entre outros.

 

 

João Areosa: Licenciado em sociologia. Pós-graduado em Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho. Mestre e Doutor em sociologia do trabalho, do emprego e das organizações pelo Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL). Técnico Superior de Segurança a exercer numa empresa de transportes. Docente no Instituto Superior de Línguas e Administração (ISLA). Investigador integrado no Centro de Interdisciplinar em Ciências Sociais (CICS.NOVA) da Universidade Nova de Lisboa. Autora de vários livros e artigos.
  Pedro Marques: licenciado e doutorado em Engenharia Industrial pela FCT-NOVA. Lean Manager na Auchan Retail Portugal (2018-), Lean Expert e Gestor de Projectos na SONAE (2017-2018), Consultor no Instituto de Soldadura e Qualidade (2006-2016). Docente na Universidade Lusófona (2014-), ISLA Leiria (2017-), Faculdade de Engenharia da Universidade Católica Portuguesa (2008-2012). Coordenador da Pós-graduação em Lean & Operations Management no ISQ (2016-). Certificações Six Sigma Black Belt pela American Society for Quality (2014-) e Licensed Coaching Practitioner pela Association for Coaching (2018).

 

+ informações sobre o LOCAL

+ informações sobre a INSCRIÇÃO

 

ORGANIZAÇÃO

 

 

PARCEIROS

 

https://europa.eu

 

 ww.osha.europa.eu/pt

 

www.act.pt

 

www.pro-ativo.com

 

 

Segurança Comportamental

A revista Segurança Comportamental é uma revista técnico-científica, com carácter independente, sendo a única revista em Portugal especializada em comportamentos de segurança.

Social Share

Pagamentos

# # # #


 

Top
We use cookies to improve our website. By continuing to use this website, you are giving consent to cookies being used. More details…