Incremento do âmbito da propriedade intelectual da marca “Segurança Comportamental”, aplicados a bens e serviços

09 fevereiro 2020
(0 votos)
Author :  

Âmbito da propriedade intelectual da marca “Segurança Comportamental”, aplicados a bens e serviços, devido à necessidade de maior rigor técnico-científico no mercado. O seu titular pode obstar a que terceiros, sem a sua autorização expressa produzem ou comercializem tais bens ou serviços, e, em certos casos, assegurando que tal conduta pode ser punível em termos criminais. “Segurança Comportamental” encontra-se aberta a contribuir cooperativamente no mercado.

Entre 2018-2019, tivemos conhecimento de fraca elaboração e implementação de programas de segurança comportamental nas empresas portuguesas, assessorados por empresas de consultoria e formação de fraco conhecimento técnico-científico sobre a temática, assim como, cursos com conteúdos obsoletos sobre segurança comportamental lecionados por instituições de ensino superior. Através de visitas a algumas empresas, verificamos que os efeitos tendem para um aceleramento de descrédito sobre a mudança comportamental em segurança e saúde, já que os resultados ficaram aquém do esperado ou mesmo não surgiram de todo. Faça a este cenário, foi decidido estender a propriedade intelectual da marca “Segurança Comportamental”, a 7 classes, que abarcam todo o tipo de consultoria, formação (presencial e on-line), educação, pós-graduações, eventos, seminários, workshop, congressos, qualquer tipo de publicações (papel e on-line), jogos, hardware, software, análise comportamental, entre outros.
Em janeiro de 2020 o INPI – Instituto Nacional da Propriedade Industrial, do Ministério da Justiça da República Portuguesa, concedeu-nos tal extensão. O INPI protege e promove a propriedade industrial. A propriedade industrial assegura a utilização exclusiva da marca “Segurança Comportamental” associadas ao mercado.
Com a atribuição deste direito exclusivo de produzir e comercializar este bem ou serviço, o seu titular pode obstar a que terceiros, sem a sua autorização expressa produzem ou comercializem tais bens ou serviços, e, em certos casos, assegurando que tal conduta pode ser punível em termos criminais.
Não obstante do exposto, a “Segurança Comportamental” encontra-se aberta a contribuir cooperativamente no mercado. Assim, se pretender usar a referida marca, deve submeter o seu pedido para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

  • COVID 19 - Distribuição gratuita de mais de 1000 páginas de conhecimento técnico-científico, para usar o seu tempo de teletrabalho de forma produtiva

    COVID 19 - Distribuição gratuita de mais de 1000 páginas de conhecimento técnico-científico, para usar o seu tempo de teletrabalho de forma produtiva

    Se é trabalhador e está em teletrabalho, reserve um tempo diário para se instruir. Se é empresa e as suas operações estão a abrandar ou parar, aproveite a oportunidade de mobilizar o pessoal em teletrabalho para maximizar os preparativos para a fase de recuperação. 

  • GAMIFICAÇÃO COMO TÉCNICA DE APRENDIZAGEM EM SEGURANÇA NO TRABALHO

    GAMIFICAÇÃO COMO TÉCNICA DE APRENDIZAGEM EM SEGURANÇA NO TRABALHO

    Atualmente, as mais diversas áreas, incluindo a segurança no trabalho, estão adotando a tendência de engajar pessoas por meio da lógica dos jogos, a chamada – gamificação. Gamificação é um termo aportuguesado adaptado do inglês (do original gamification) que consiste no uso das mecânicas dos jogos para despertar o engajamento de um público específico. Há elementos essenciais que devem de ser considerados e erros que não devem ser cometidos, no planeamento e implementação desta técnica. A essência da gamificação é trazer a participação e o conhecimento do colaborador para o centro da atividade, deixando de ser um mero elemento passivo e assumindo o protagonismo que lhe cabe. Bons resultados são encontrados entre o “casamento” da gamificação e tecnologia.

    Pay to read more

  • SUSTENTAÇÃO DA METODOLOGIA 6S  ATRAVÉS DOS PRINCÍPIOS BBS: 6S (1-Separar; 2-Simplificar; 3-Salubrificar; 4-Sistematizar; 5-Sustentar E 6-SEGURANÇA) BBS (Behavior Based Safety)

    SUSTENTAÇÃO DA METODOLOGIA 6S ATRAVÉS DOS PRINCÍPIOS BBS: 6S (1-Separar; 2-Simplificar; 3-Salubrificar; 4-Sistematizar; 5-Sustentar E 6-SEGURANÇA) BBS (Behavior Based Safety)

    A metodologia 6S é uma abordagem sistemática de organização do trabalho e de goodhousekeeping é aplicada à produção de produtos e serviços de qualidade, sempre de forma segura. Para potencializar os resultados da metodologia 6S é obrigatório que haja a integração dos conceitos, princípios e ferramentas BBS. Foca primeiramente as condições e organização de trabalho e numa etapa seguinte o fator humano. Para cada regra deve haver pelos menos um comportamento alvo definido, no entanto, a quantidade de comportamentos alvo a monitorizar deve ser bem menor do que a quantidade de regras a implementar. O sistema de informação, comunicação, instrução e coaching deve acompanhar a implementação destas metodologias.

    Pay to read more

Segurança Comportamental

A revista Segurança Comportamental é uma revista técnico-científica, com carácter independente, sendo a única revista em Portugal especializada em comportamentos de segurança.

Social Share

Pagamentos

# # # #


 

Top
We use cookies to improve our website. By continuing to use this website, you are giving consent to cookies being used. More details…