admin

admin

E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Realizou-se a 5 deste mês o Seminário de encerramento da Campanha Europeia 2018-19: “Locais de Trabalho Saudáveis – Gerir as Substâncias Perigosas”, iniciativa promovida pela Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho, representada em Portugal pela Dra. Emília Telo. Tratou-se de um evento que procurou celebrar o final de mais uma campanha de prevenção da Segurança e Saúde no Trabalho, que reuniu participantes nacionais e internacionais de entidades públicas, como a ACT e Agência Europeia e representantes de diversas empresas de todo o país. Um evento com um público abundante e interessado que procurou partilhar e aprender sobre o tema e celebrar os resultados obtidos.

Foram particularmente interessantes a partilha de boas práticas empresariais na gestão da Segurança e Saúde no Trabalho, mais em particular na Gestão de Substâncias Perigosas. A empresa Adra – Águas da Região de Aveiro, partilhou uma apresentação com vários exemplos práticos da sua estratégia de prevenção de acidentes e de doenças profissionais, mais particularmente com vídeos feitos dentro da empresa e com os seus colaboradores, exemplificando de uma forma divertida, os procedimentos pretendidos em atividades de rotina, utilização de EPI’s, cuidados na manipulação de químicos, exercícios de ginástica laboral e melhorias ergonómicas. A Câmara Municipal de Lisboa partilhou o seu procedimento de Gestão de matérias perigosas, programa sustentado ao longo dos últimos 11 anos, exemplificando o cuidado interdepartamental entre a Direção Higiene e Segurança no Trabalho, quem compra as substâncias perigosas e quem as armazena e utiliza, com um esforço permanente em reduzir o número de químicos disponíveis para compra e em stock e assim minorar a exposição dos trabalhadores. A Sakthi Portugal, uma empresa multinacional da área da fundição sediada em Águeda, demonstrou o seu compromisso com a campanha com o seu processo de controlo de legionella no tratamento de águas industriais de arrefecimento dos circuitos de torres de refrigeração dos seus fornos. A Tyco Electronics, empresa multinacional americana sediada em Évora, apresentou o seu sistema de gestão de substâncias perigosas, com um processo perfeitamente standardizado, detalhando todos os passos desde a escolha de um novo químico, avaliação se este será mesmo necessário, avaliações de segurança prévias à compra, cuidados na receção, formação aos colaboradores sobre o novo químico, cuidados no armazenamento e utilização e posterior encaminhamento seguro para resíduo, no final do ciclo de vida do químico e/ou respetivo recipiente. Todos os casos demonstraram um grande compromisso com a prevenção e mostraram ir sempre mais além do que o estrito tratamento de Substâncias Perigosas, principal motivação da campanha.
Após apresentações e demonstração do efetivo compromisso e sucessos obtidos pelas empresas ao adotarem a Campanha, foram entregues Declarações de participação às empresas atrás descritas e à Megasa e à Joaquim Chaves Saúde, cerimónia na qual a Revista Segurança Comportamental se associou, como parceiro de longa data da Agência Europeia, na atribuição das Declarações e votos de parabéns a todos os participantes, na pessoa do seu Sub-Diretor, Eng. César Petrónio Augusto. A sessão de trabalho terminou com a intervenção do Dr. Carlos Jorge Pereira, Diretor de Serviços para a Promoção de Segurança e Saúde no Trabalho da ACT, numa intervenção que pretendeu motivar a continuação do esforço coletivo de todas as empresas presentes na prevenção de riscos e de doenças profissionais, manifestando o empenho da ACT no suporte e ajuda a toda a comunidade ali presente.


Atualmente a Revista Segurança Comportamental encontra-se na elaboração do balanço do apoio a esta campanha para remeter às entidades competentes e também no planeamento do apoio para a próxima campanha 2020-22 focada na prevenção de lesões musculosqueléticas (LME) relacionadas com o trabalho!

Vogal do Conselho Editorial: licenciada em Engenharia de Materiais pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Lisboa. Trabalha no setor das utilities desde 2008, onde desempenhou funções enquanto Técnica Superior de Segurança e Saúde no Trabalho (CAP VI), com destaque, no âmbito da prevenção e segurança no trabalho, para (i) definição, atualização e controlo da execução de políticas e ações corporativas; (ii) desenvolvimento e coordenação do Sistemas de Gestão; (iii) coordenação e consolidação do reporte de informação não financeira; e (iv) gestão de processos e sistemas de informação. É ainda, formadora e auditora interna em segurança no trabalho, e vogal na SC 4 – Sistemas de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho na Comissão Técnica (CT) 42 – Segurança e Saúde no Trabalho. Atualmente, exerce funções na área da sustentabilidade, onde participa (i) na implementação de estratégias, incluindo iniciativas e projetos, para o cumprimento de objetivos internos em alinhamento com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas; e (ii) no reforço do posicionamento em temáticas de sustentabilidade e segurança através do relacionamento com stakeholders relevantes, na representação institucional em organizações e eventos nacionais e internacionais.

ACIDENTES E QUASE-ACIDENTES - INVESTIGAÇÃO E ANÁLISE (4.ª Ed.)
02 e 03 de dezembro, no Holiday Inn Lisbon-Continental | Lisboa

O 7.º Workshop sobre Segurança e Saúde Comportamental realizou-se em Lisboa, no dia 29 de maio de 2019, contou com 150 inscritos, estando representada fortemente a Indústria, assim como, o setor dos Serviços e empresas de Consultoria. A Revista Segurança Comportamental tem como um dos focos a ciência andragogica e por esse motivo os oradores integravam as experiências e saberes dos participantes nos discursos, tendo um papel mais próximo dos participantes.  O jogos estiveram presentes, o que confluiu numa quebra de gelo, estimulando a informalidade das relações e promovendo a confiança entre os participantes. Todos os participantes do evento tiveram a oportunidade de intervir ativamente, tomando a iniciativa de estruturarem o seu caminho de mudança comportamental em segurança. Alguns identificaram os seus comportamentos alvo, definiram um período de mudança, ações a desenvolver e o seu par de prevenção para ajuda-mútua. O sorteio de vários exemplares do livro de "comportamento seguro" foi também um momento de muita positividade e emotividade.   

+ Informações AQUI 

O 7.º Workshop sobre Segurança e Saúde Comportamental realizou-se em Lisboa, no dia 29 de maio de 2019, contou com 150 inscritos, estando representada fortemente a Indústria, assim como, o setor dos Serviços e empresas de Consultoria. A Revista Segurança Comportamental tem como um dos focos a ciência andragogica e por esse motivo os oradores integravam as experiências e saberes dos participantes nos discursos, tendo um papel mais próximo dos participantes.  O jogos estiveram presentes, o que confluiu numa quebra de gelo, estimulando a informalidade das relações e promovendo a confiança entre os participantes. Todos os participantes tiveram a oportunidade de intervir ativamente, tomando a iniciativa de estruturarem o seu caminho de mudança comportamental em segurança. Alguns identificaram os seus comportamentos alvo, definiram um período de mudança, ações a desenvolver e o seu par de prevenção para ajuda-mútua. O sorteio de vários exemplares do livro de "comportamento seguro" foi também um momento de muita positividade e emotividade.   

Comunicação 7: TRABALHO EM REDE E BENCHMARKING ENTRE PROFISSIONAIS BRASILEIROS DE SAÚDE E SEGURANÇA
Juliana Bley (Psicóloga. Especialista em SST. Revista SC)

Comunicação 5: A SUSTENTAÇÃO COMPORTAMENTAL NA METODOLOGIA 6 S
Natividade Augusto & Telma Monteiro (Socióloga. PROATIVO, IP & Engenheira de Materiais. Especialista em Lean Management . PROATIVO, IP)

Comunicação 4: RESPONSABILIDADES EM ACIDENTE DE TRABALHO, NAS DECISÕES JUDICIAIS
Natividade Augusto & João Milhano (Técnica Superior de Segurança. PROATIVO, IP & Jurista. PROATIVO, IP)

Pág. 1 de 12

Segurança Comportamental

A revista Segurança Comportamental é uma revista técnico-científica, com carácter independente, sendo a única revista em Portugal especializada em comportamentos de segurança.

Social Share

Pagamentos

# # # #


 

Top
We use cookies to improve our website. By continuing to use this website, you are giving consent to cookies being used. More details…