TRABALHO SEGURO EM LABORATÓRIOS

01 maio 2017
(0 votos)
Author :   Rosa Bernardo
Citar ARTIGO: Bernardo, R. 2010. Trabalho seguro em laboratórios. Revista Segurança Comportamental, 1, 20-21 ROSA BERNARDO |Licenciada em Saúde Ambiental. Técnica Superior de Segurança e Higiene do Trabalho. Técnica Europeia de Segurança contra Incêndios

Do total de acidentes verificados em laboratórios, a grande parte fica a dever‑se a atitudes de indiferença para com o risco, lacunas na informação existente, desconhecimento de regras para o trabalho em laboratório, bem como negligência para com as normas de segurança estabelecidas.

A palavra laboratório reme-te-nos de imediato para um espaço físico mais ou menos amplo, que está normalmente dividido por áreas ou salas, consoante as técnicas ou ensaios que aí são realizados, dispondo de diversos instrumentos e equipamentos que permitem proceder a cálculos, análises, medições ou determinações. É imensa a diversidade de laboratórios existentes, compreendendo este universo laboratórios específicos por tipo de actividade ou processo industrial e outros vocacionados para investigação ou áreas de ensino.

«São inúmeras as situações em que os acidentes resultam de uma postura de desvalorização das normas de segurança.»

Os riscos associados à actividade laboratorial são específicos, pois relacionam-se com os agentes ou substâncias químicas envolvidas, princípios activos, tipo de ensaios realizados, material biológico manipulado, bem como com as condições estruturais ou equipamentos de protecção colectiva disponíveis.
As deficientes condições estruturais associadas a uma inexistente concepção dos espaços de trabalho numa fase de projecto conduzem, em inúmeros casos, a situações de exposição ocupacional real preocupantes ou até mesmo insustentáveis.
No entanto, do total de acidentes verificados em laboratórios, a grande parte fica a dever-se a atitudes de indiferença para com o risco, lacunas na informação existente, desconhecimento de regras para o trabalho em laboratório, bem como negligência para com as normas de segurança estabelecidas.
A adopção de medidas de prevenção é essencial para contrariar as situações geradoras de acidentes, no entanto as mudanças de atitude e comportamento poderá fazer toda a diferença, pois são inúmeras as situações em que os acidentes são o resultado de uma postura de desvalorização das normas de segurança, as quais terão de fazer parte integrante de uma rotina e cultura de segurança no local de trabalho. A elaboração de um Manual de Procedimentos, que permita aos profissionais ter acesso a informação sobre os riscos ocupacionais a que se encontram expostos e a conteúdos relacionados com a prevenção e controlo dos mesmos, obvia a criação de um sistema organizado de trabalho, constituindo-se numa mais-valia.

Algumas soluções:
– Promover o desenvolvimento de sentido crítico do profissional;
– Ambiente de trabalho calmo e de concentração, organizado e arrumado, com espaço livre para trabalhar;
– Melhoria das condições físicas e ambientais de trabalho;
– Desenvolvimento de critérios para a selecção e aquisição de material, equipamento, produtos e consumíveis;
– Formação, participação e consulta de todos os trabalhadores;
– Manual de Procedimentos que permita aos profissionais ter acesso a informação;
– Prevenção dos riscos deve ter início numa fase de projecto.

Pelos motivos explicitados é obrigatório conhecer as regras gerais de segurança preconizadas para o trabalho laboratorial, respeitá-las, cumpri-las e fazê-las cumprir por terceiros.
Muito embora se preconize que a prevenção dos riscos deve ter início numa fase de projecto e de concepção dos locais de trabalho e das instalações, com vista ao estabelecimento de sistemas seguros de trabalho, sabemos que nem sempre isto acontece; é, pois, fundamental que o profissional desenvolva um sentido crítico e mude o seu comportamento face ao risco.

«Os riscos associados à actividade laboratorial são específicos, pois relacionam-se com os agentes ou substâncias químicas envolvidas, princípios activos, tipo de ensaios realizados, material biológico manipulado, bem como com as condições estruturais ou equipamentos de protecção colectiva disponíveis.»

Assim, é indispensável que todos os profissionais adquiram ou aprofundem conhecimentos no que concerne aos procedimentos e técnicas de trabalho seguro, procedimentos de emergência, riscos específicos associados ao seu contexto de trabalho, características específicas de perigosidade relacionadas com equipamentos, produtos e instalações, procedimentos adequados em situação de derrame, importância do uso de equipamento de protecção individual adequado e exclusivo para a função, entre outros.
Igualmente importante, quando se pretende um ambiente seguro, é a existência de um ambiente de trabalho calmo e de concentração, organizado e arrumado, com espaço livre para trabalhar. O risco de ocorrência de um acidente tende a diminuir quando sabemos exactamente onde encontrar o equipamento ou o material que procuramos. A verificação do estado de conservação do material e equipamentos é outro critério importante.
A prevenção e controlo dos riscos associados ao trabalho em contexto laboratorial assentam na melhoria das condições físicas e ambientais de trabalho, na mudança de práticas, no desenvolvimento de critérios para a selecção e aquisição de material, equipamento, produtos e consumíveis. No entanto, deverá ser sempre assegurada a informação, formação, participação e consulta de todos os trabalhadores.

Bibliografia
Centre National de Prévention et Protection, in: www.inrs.fr
Prudent Practices in the Laboratory: Handling and Disposal of Chemicals. Commission on Physical Sciences, Mathematics, and Applications, 1995, in: www.books.nap.edu
Laboratory Biosafety Manual, 3.rd edition, Geneva, 2004, in: www.who.int

  • Investigação e Análise de Acidentes, Quase-Acidentes e Pré-Acidentes – Fatores Humanos  (5.ªed.)

    Investigação e Análise de Acidentes, Quase-Acidentes e Pré-Acidentes – Fatores Humanos (5.ªed.)

    Holiday Inn Lisbon-Continental | Lisboa
    23, 24, 25 e 26 de novembro de 2021 | 9H30 às 17H30 | 28 horas

  • FATORES HUMANOS NAS INVESTIGAÇÕES DE ACIDENTES. O modelo ABC e ABC reverso é usado para identificar comportamentos inadequados e propor soluções em investigações

    FATORES HUMANOS NAS INVESTIGAÇÕES DE ACIDENTES. O modelo ABC e ABC reverso é usado para identificar comportamentos inadequados e propor soluções em investigações

    Após um acidente existem muito esforço para determinar as causas raiz e recomendações respetivas, no entanto, não é raro que a ocorrência se repita. O drama se torna real quando precisamos escolher as recomendações, pois cada uma deve contribuir com sua “parcela de probabilidade”. Se não analisarmos profundamente o desvio comportamental, o tipo de erro cometido e sobretudo os fatores humanos envolvidos, a chance de sucesso é muito pequena. Este artigo contém uma sugestão de um método de análise, por abordar profundamente os fatores humanos envolvidos. São apresentados alguns conceitos e definições importantes que são fundamentais para a metodologia: erros internos e externos, fatores humanos e o modelo ABC e ABC reverso.

  • INVESTIGAÇÃO E ANÁLISE DE ACIDENTES: A ATRIBUIÇÃO CAUSAL E AS SUAS CONSEQUÊNCIAS

    INVESTIGAÇÃO E ANÁLISE DE ACIDENTES: A ATRIBUIÇÃO CAUSAL E AS SUAS CONSEQUÊNCIAS

    Este estudo tem como objetivo geral ajudar a desenvolver uma metodologia de análise de acidentes comum e rigorosa, que possa ser usada pelos técnicos de segurança, de forma a poder encontrar as causas raízes reais dessas ocorrências indesejáveis. Foi possível observar que não existe uma visão clara e consistente na utilização dos modelos teóricos de análise de acidentes, por parte dos técnicos de segurança no trabalho. Os modelos sistémico e epidemiológico parecem ser os modelos de análise de acidente, que colocam as questões mais importantes para responder de forma mais adequada às análises dos acidentes.

Segurança Comportamental

A revista Segurança Comportamental é uma revista técnico-científica, com carácter independente, sendo a única revista em Portugal especializada em comportamentos de segurança.

Social Share

Pagamentos

# # # #


 

Top
We use cookies to improve our website. By continuing to use this website, you are giving consent to cookies being used. More details…