RISCOS AMBIENTAIS: PERCEPÇÕES, ATITUDES E COMPORTAMENTOS DOS ACTORES SOCIAIS

01 maio 2017
(0 votos)
Author :   João Areosa
Citar ARTIGO: Areosa, J. 2010. Riscos ambientais: percepções, atitudes e comportamentos dos actores sociais. Revista Segurança Comportamental, 1, 34-35 JOÃO AREOSA | Sociólogo. Técnico Superior de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho. Mestre em Sociologia do Trabalho e do Emprego.

Os riscos globais tornaram‑se, metaforicamente, mais democráticos, considerando que podem afectar toda a população, independentemente da classe social, género ou região do globo onde se habita.

Pay to read more
  • OS ACIDENTES DE TRABALHO SÃO EVENTOS HETERODETERMINADOS

    OS ACIDENTES DE TRABALHO SÃO EVENTOS HETERODETERMINADOS

    Um dos fatores passível de contribuir para o aumento do número de acidentes é a diferença existente entre trabalho prescrito e o trabalho real. Há uma variedade de situações vividas pelos trabalhadores que não estão previstas nas normas e regras de segurança das empresas. No decorrer das suas atividades laborais alguns trabalhadores preferem efetuar “desvios” ao trabalho prescrito, quando sabem antecipadamente que esses “erros” não se traduzem em cenários ou consequências perigosas para a organização ou para si próprios. Na investigação e análise de acidentes, regra geral, não são consideradas as raízes das causas, nem os diversos fatores que possibilitaram gerar o alinhamento simultâneo ou sequencial de condições que permitiram chegar até ao acidente.

    Pay to read more

  • ESTRATÉGIA OPERACIONAL, UMA FERRAMENTA DE GESTÃO AO SERVIÇO DA SEGURANÇA NO TRABALHO. A importância da atitude/comportamento na observação de equipas de trabalho: Relatos e reflexões

    ESTRATÉGIA OPERACIONAL, UMA FERRAMENTA DE GESTÃO AO SERVIÇO DA SEGURANÇA NO TRABALHO. A importância da atitude/comportamento na observação de equipas de trabalho: Relatos e reflexões

    A mesma política, o mesmo sistema de gestão de segurança, os mesmos recursos, as mesmas atividades, as mesmas iniciativas, os mesmos perigos e riscos e as mesmas intervenções, geraram resultados significativamente diferentes neste caso do setor elétrico. Acredita-se que o conhecimento por parte das organizações das necessidades e características pessoais dos seus colaboradores é determinante para uma melhor compreensão dos seus comportamentos e assim se poder utilizar a comunicação e o envolvimento como um meio poderoso ao nível da própria mudança na apropriação do valor segurança.
    O que aqui se pretendeu demonstrar, neste artigo, é que, apesar de todo o esforço que uma organização faça através do seu sistema de gestão da segurança, se o “comportamento” de toda a organização não estiver devidamente alinhado e não for visível e coerente com a política declarada, os resultados certamente não serão os esperados.

    Pay to read more

  • TRABALHO SEGURO EM LABORATÓRIOS

    TRABALHO SEGURO EM LABORATÓRIOS

    Do total de acidentes verificados em laboratórios, a grande parte fica a dever‑se a atitudes de indiferença para com o risco, lacunas na informação existente, desconhecimento de regras para o trabalho em laboratório, bem como negligência para com as normas de segurança estabelecidas.

    Pay to read more

Segurança Comportamental

A revista Segurança Comportamental é uma revista técnico-científica, com carácter independente, sendo a única revista em Portugal especializada em comportamentos de segurança.

Social Share

Pagamentos

# # # #


 

Top
We use cookies to improve our website. By continuing to use this website, you are giving consent to cookies being used. More details…