O COMPORTAMENTO HUMANO EM SITUAÇÕES DE EMERGÊNCIA

09 maio 2017
(1 Vote)
Author :   João Emílio Almeida & Rosaldo J. F. Rossetti & António Leça Coelho
Citar ARTIGO: Emílio Almeida, J. et al. 2013. O comportamento humano em situações de emergência. Revista Segurança Comportamental, 7, 36-37 JOÃO EMÍLIO ALMEIDA | Mestre em Segurança Contra Incêndios. Doutorando na FEUP; ROSALDO J. F. ROSSETTI | Mestre e Doutor em Inteligência Artificial. Professor Auxiliar na FEUP; ANTÓNIO LEÇA COELHO |Mestre e Doutor em Engª Civil. Investigador Principal no

O comportamento humano em situações de emergência é estudado não só por modelos de natureza qualitativa, mas também por modelos matemáticos que tentam recriar a movimentação pedonal. Atualmente ainda existem variáveis desconhecidas, tais como por exemplo condições psicossociais (stresse e tensão) que ocorrem no decurso na emergência. Em Portugal, está em desenvolvimento um protótipo utilizando Jogos Sérios, focando-se na formação e treino dos ocupantes em ambiente de simulacros de evacuação virtuais, com o objetivo de bombeiros e outras forças de emergência desenvolverem planos e estratégias mais eficientes em evacuação.

Pay to read more
  • SISTEMA CEREBRAL, HÁBITOS, RESPIRAÇÃO E STRESSE

    SISTEMA CEREBRAL, HÁBITOS, RESPIRAÇÃO E STRESSE

    Para cada ação realizada pela primeira vez, o cérebro constrói um “caminho neuronal”. Perante a repetição dessa ação, o cérebro vai entender que aquela ação é necessária, sendo desta forma reforçado o caminho neuronal, através da passagem de impulsos elétricos/químicos recorrentes e constantes, tornando-se um automatismo, passando a informação do neocórtex para o cérebro dos mamíferos inferiores ou réptiliano, responsáveis pelos automatismos e hábitos. Existe um circuito neuronal que causa ansiedade quando respiramos de uma determinada forma e tranquilidade quando respiramos de outra. É neste ponto que entra a reeducação respiratória. Um indivíduo reeducado é um indivíduo com mais vitalidade e capacidade de resposta aos desafios e pressões externas, como por exemplo perante um contexto causador de stresse.

    Pay to read more

  • STRESS, NOSSO, DE CADA DIA…

    STRESS, NOSSO, DE CADA DIA…

    Conhecer o stress ocupacional é saber actuar sobre ele! A intervenção poderá ser realizada a três níveis: primária, secundária e terciária.

    Pay to read more
  • A ACEITAÇÃO DO RISCO NO DESENVOLVIMENTO DA SEGURANÇA RODOVIÁRIA

    A ACEITAÇÃO DO RISCO NO DESENVOLVIMENTO DA SEGURANÇA RODOVIÁRIA

    Na gestão do risco do sistema rodoviário, as medidas que apontam para a redução do risco podem ser desenvolvidas nas áreas da engenharia e do comportamento humano.

    Pay to read more

Segurança Comportamental

A revista Segurança Comportamental é uma revista técnico-científica, com carácter independente, sendo a única revista em Portugal especializada em comportamentos de segurança.

Social Share

Pagamentos

# # # #


 

Top
We use cookies to improve our website. By continuing to use this website, you are giving consent to cookies being used. More details…